Com tudo às claras, parque Olhos d’Água registra aumento de frequentadores

Novas lâmpadas substituem sistema convencional, proporcionando mais segurança ao espaço ecológico da Asa Norte

As caminhadas que a estudante Naira Dourado gosta de fazer ao entardecer têm como destino preferido o parque ecológico Olhos d’Água. Localizado nas quadras 413/414 da Asa Norte, o espaço, que reúne um público numeroso e diversificado aos fins de semana, ganhou novas luzes.

 “Decidi vir aqui porque a iluminação está ótima e me sinto mais segura”, resume Naira, que é moradora da Asa Norte. Ela comemora a parceria entre a Secretaria de Obras (Semob) e a Companhia Energética de Brasília (CEB) que possibilitou a substituição das 88 lâmpadas convencionais amarelas por luminárias de led, mais eficientes tanto em iluminação quanto em economia.

Segurança

Também moradora da Asa Norte, Maiara Bagio percebeu a diferença na iluminação do parque e levou seu filho Max, de dois ano,s pela segunda vez para brincar lá à noite. “Eu costumava vir mais cedo, mas agora, com a nova iluminação, estamos vindo depois do escurecer”, conta. “Todo o parquinho está iluminado e eu me sinto segura para trazê-lo”.

O raio de alcance maior é destaque nas novas lâmpadas. “Para o trabalho da segurança, essa luz contribui muito”, avalia o vigilante Vicente Luz, que trabalha no parque Olhos d’Água. “A luz convencional é amarela e dificulta a nossa visão, deixa turva. Está muito melhor agora e tenho certeza que vai atrair mais gente para cá”.

Maiara e o pequeno Max: “Todo o parquinho está iluminado e eu me sinto segura para trazê-lo”| Fotos: CEB/ Divulgação

Custo retornável

A obra custou R$ 50 mil ao GDF, e com a economia de energia proporcionada, esses recursos retornarão aos cofres públicos no médio prazo. Segundo o engenheiro eletricista Paulo Henrique Nazareth, da CEB, o sistema permite a redução de até 60% de gastos no consumo.

Enquanto isso, passear pelo parque Ecológico Olhos d’Água desponta como opção que conquista cada vez mais moradores interessados em descansar da rotina, contemplar a natureza e cuidar da saúde, caminhando ou fazendo exercícios.

Fonte: Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here