Encontro de blogueiros, jornalistas de Política e o Comandante Geral da PMDF

O Comandante Geral, coronel Pontes, reforçou em sua fala a importância da integração entre os órgãos de segurança pública e aproximação entre a polícia e a comunidade.

Na tarde de ontem (15) ocorreu um encontro entre os membros da Associação Brasiliense de Blogueiros de Política do DF (ABBP) e o Comandante Geral da PMDF, coronel Julian Rocha Pontes.

A entrevista coletiva girou entorno de temas recentes, em especial, sobre o aumento de homicídios e feminicídios na cidade, Guarda Distrital, reajuste salarial da categoria, área de saúde da Corporação, reforma da previdência e Escolas Compartilhadas.

O Comandante Geral, coronel Pontes, reforçou em sua fala a importância da integração entre os órgãos de segurança pública e aproximação entre a polícia e a comunidade. Explanou para os blogueiros e jornalistas presentes sobre as duas vertentes da segurança pública: “o policiamento propriamente dito”, a “sensação de segurança” e o impacto da mídia neste processo.

Segundo ele, “a segurança é uma construção de todos nós, dentro de uma visão de coletividade”, reforçou também a necessidade da prevenção primária e de uma mudança de comportamento na sociedade diante de alguns crimes, em especial, o feminicídio. Ao Blog Policiamento Inteligente ele falou sobre as discussões salariais que ocorrem no momento.

Policiamento Inteligente:  “Algumas pessoas, em especial, associações e parlamentares, tem tentado falar em nome da Corporação. O Senador Izalci levou um projeto de reajuste para o Governador Ibaneis e para o Presidente Jair Bolsonaro, sem seguir o trâmite legal que passa pela PMDF. Precisamos levar em consideração que legalmente quem fala pela PMDF é o Comandante Geral, neste contexto, a PMDF tem ciência, formalmente, do conteúdo do projeto apresentado pelo parlamentar? É de acordo com ele? Existe alguma previsão da PMDF enviar algum projeto formalmente visando o reajuste da categoria?”

Coronel Pontes: “Em nenhum momento nenhuma associação me procurou e me apresentou o projeto. Então eu não tenho conhecimento formal. Em nenhum momento eu fui chamado ou procurado para discutir o projeto. Oficialmente, a Polícia Militar não tem conhecimento desse conteúdo. Logicamente, que quem vai falar pela Instituição é a Corporação, ou seja, é o Comandante Geral, por meio do seu alto comando, mas de antemão, antecipo que o Governador Ibaneis está sensibilizado com a pauta, o Secretário de Segurança Pública também, e ao final são essas autoridades que possuem o poder decisório, são elas que irão levar nossos pleitos ao governo federal, e eu particularmente, confio na pessoa do Governador Ibaneis Rocha, porque a todo momento, tudo que foi pedido, ele contribuiu e indicou os caminhos a serem seguidos, e nessa pauta eu acredito que chegaremos a uma solução a contento.”

Fonte: Blog Policiamento Inteligente

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here