Joe Valle, Frejat e Cristovam articulam uma chapa para eleições de 2018

Integrantes da oposição têm trabalhado para consolidar uma coligação com potencial de estremecer os planos de Rodrigo Rollemberg à reeleição ao Governo do Distrito Federal (GDF). A ideia é unir o presidente da Câmara Legislativa, Joe Valle (PDT), o ex-secretário de Saúde, Jofran Frejat (PR) e o senador Cristovam Buarque (PPS) em uma chapa majoritária. O grupo também corteja um representante do segmento evangélico e o líder visado é o presidente do PRB, Wanderley Tavares. Os planos ainda são embrionários, mas as conversas avançam a passos largos.

Nessa quarta-feira (16/8), Cristovam e Frejat conversaram ao telefone sobre projetos para 2018. No último domingo (13/8), o senador e Joe se encontraram pessoalmente e tiveram um longo debate sobre os cenários para Brasília. Na semana passada, Jofran Frejat teve reunião com os distritais Chico Leite (Rede), Israel Batista (PV) e Cláudio Abrantes (sem partido), todos ligados a Joe. Entre eles, o consenso é de que a composição seria “a chapa dos sonhos”.

Mas há alguns empecilhos à consolidação do grupo. Um deles é o acordo entre Joe Valle e o distrital Chico Leite, que pretende ser candidato ao Senado pela Rede. O partido está dividido entre um eventual apoio ao grupo de Joe e a candidatura à reeleição de Rollemberg. Até agora, a Rede tem sido um importante aliado do governador. Outro ponto questionado é a ligação de Jofran Frejat com os ex-governadores Joaquim Roriz e José Roberto Arruda – o ex-secretário de Saúde é filiado ao PR, mesma legenda de Arruda. Mas como Frejat tem um passado livre de escândalos, os aliados de Joe e Cristovam apostam que não haverá dificuldades em explicar a aliança ao eleitorado.

Direita sem Frejat

Um sinal claro da aproximação de Jofran Frejat com o grupo de Joe e Cristovam foi a ausência do médico em um almoço realizado ontem por representantes da direita. Participaram do encontro os presidentes regionais do PMDB, Tadeu Filippelli; do DEM, Alberto Fraga; do PP, Rôney Nemer; do PSDB, Izalci Lucas; e do PTB, Alírio Neto. Jofran Frejat vinha mantendo conversas com essa frente de oposição a Rollemberg. Mas a boa posição do médico nas pesquisas gerou atritos – isso poderia representar uma pressão para ele encabeçar a chapa, contra a vontade da maioria. Frejat não foi convidado para o encontro de ontem.

Fonte: CB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!