Veja quais atividades comerciais reabrem no DF a partir desta terça-feira

Por Matheus Garzon

Decreto do GDF na última sexta autorizou que diversos estabelecimentos voltem a funcionar na capital do país

Após a permissão de que lojas de calçados e sapatos pudessem abrir as portas, o Governo do Distrito Federal (GDF) decidiu que, a partir desta terça-feira (26/05), vários outros segmentos do comércio de rua na capital poderão retomar as atividades. Foram quase 70 dias de fechamento para vários empresários.

Para a volta ao funcionamento, no entanto, medidas de segurança precisam ser adotadas. Entre as várias exigências estabelecidas no decreto publicado no dia 22 de maio está o uso de máscaras por funcionários, garantia da distância de 2 metros entre clientes e aferir a temperatura dos consumidores.

No intuito de garantir que tudo será seguido, o governo anunciou a criação de um “Disque Denúncia” específico para fiscalizar a adoção das medidas sanitárias pelo comércio. De acordo com promessa do governador Ibaneis Rocha (MDB), a central deve sair do papel nos próximos dias e vai funcionar como uma espécie de ouvidoria.

Outra medida tomada foi o reforço na limpeza de calçadas na frente de estabelecimentos da W3 Sul por equipes do programa GDF presente. Foram 10 pessoas tirando a sujeira dos passeios com água, sabão, cloro e desinfetante.

Expectativa

Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal (CDL-DF), José Carlos Magalhães Pinto, as expectativas são as melhores. “Os clientes sentem falta de comprar e os comerciantes querem vender. Os dois estão temerosos ainda, mas será possível aliar economia à saúde”, opina.

Segundo ele, é necessário que todos os lojistas cumpram as regras estabelecidas. “Tem que ter respeito, responsabilidade e muita consciência”, pontua.

Confira abaixo o que está autorizado a abrir a partir desta terça-feira (25/05).

Comércio e indústria podem abrir as portas conforme está estabelecido na licença de funcionamento:

  • Supermercados
  • Hortifrutigranjeiros
  • Minimercados
  • Mercearias
  • Açougues
  • Peixarias
  • Padarias
  • Lojas de panificados
  • Comércio especializado em produtos naturais, suplementos e fórmulas alimentares
  • Postos de combustíveis e suas lojas de conveniência
  • Comércio de produtos farmacêuticos
  • Clínicas e consultórios médicos, odontológicos, laboratórios e farmacêuticas
    (fonoaudiólogos)
  • Clinicas veterinárias
  • Comércio atacadista
  • Lojas de materiais de construção e produtos para casa, incluídos os home centers
  • Comércio da construção civil, ferragens, madeireiras, serralheiras, pinturas e afins
  • Petshops e lojas de medicamentos veterinários ou produtos saneantes domissanitários
  • Toda a cadeia do segmento de veículos automotores
  • Empresas de tecnologia, exceto lojas de equipamentos e suprimentos de informática
  • Funerárias e serviços relacionados
  • Lotéricas e correspondentes bancários
  • Atividades de lavanderias, tinturarias e toalheiros
  • Empresas do segmento de controle de vetores e pragas urbanas
  • Agências bancárias e cooperativas de crédito
  • Setor moveleiro
  • Setor eletroeletrônico
  • Sistema S
  • Óticas
  • Atividades imobiliárias
  • Atividades jurídicas, de contabilidade e de auditoria
  • Atividades de arquitetura e engenharia
  • Armarinhos e lojas de tecido
  • Indústrias extrativas
  • Indústrias de transformação
  • Construção civil

Indústria e serviços que podem abrir as portas das 9h às 17h:

  • Serviços em geral
  • Atividades gráficas
  • Atividades financeiras, seguros e serviços relacionados
  • Atividades de empresas, de consultoria e de gestão empresarial
  • Atividades de publicidade e comunicação
  • Atividades administrativas e serviços complementares
  • Agências de viagens, operadores turísticos e serviços de reservas
  • Bancas de jornais e revistas

Comércio varejista com liberação para funcionar das 11h às 19h (exceto shoppings, que podem funcionar só a partir desta quarta-feira (27/05):

  • Comércio varejista em geral, exceto ambulantes
  • Comércio de combustíveis e lubrificantes, exceto Postos de Combustíveis
  • Floriculturas
  • Calçados
  • Roupas
  • Serviços de Corte e Costura
  • Lojas de Extintores
  • Comércio varejista de artigos esportivos

Fonte: Metrópoles.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here