Domingo da Gente: respeito e seriedade no lazer do Paranoá

Por Rosi Araújo

Moradores da cidade aproveitaram o dia obedecendo o distanciamento social e o uso obrigatório de máscaras 

No segundo dia do Domingo da Gente, várias famílias – adultos, adolescentes, crianças, bebês – puseram suas máscaras e foram ocupar a avenida que liga o Paranoá ao condomínio Paranoá Parque. Para praticar esportes, aproveitar o dia, armazenar vitamina D, curtir o Sol. O  novo espaço mostrou, neste domingo (12) que veio para ficar – embora ainda esteja seguindo o que está detalhado no Decreto nº 40.911. 

Pela primeira vez no Domingo da Gente, o estudante de 19 anos, Lucas Valadares, elogiou a iniciativa do GDF. “É muito bom ter um ambiente a mais de lazer ”. O projeto tem as mesmas características do Eixão do Lazer e a W3 Sul. 

A avenida principal da região, de 1,1 mil metros – que liga a cidade ao programa habitacional Paranoá Parque –, será sempre interditada aos domingos e feriados, das 7h às 17h, para que a população possa fazer caminhadas, corridas ou andar de bicicleta.

A família da dona de casa Adriana Macena, 43 anos, contou que a opção de lazer trouxe, também, mais segurança. “Existia um receio de trazer as crianças para brincar na rua. Agora, tem mais pessoas andando e policiais em vários lugares”, contou. O administrador da cidade, Sérgio Damasceno, informou que a cada semana é possível avaliar melhor como aperfeiçoar a ideia e, assim, atender as necessidades da população. 

Ele contou, ainda, que após a pandemia o objetivo é deixar o Domingo da Gente mais consolidado e cultural. “Queremos transformar no point da cidade, com eventos culturais, exposições, campeonatos de pipas etc”, afirmou. A Administração Regional teve apoio da Polícia Militar, do DF Legal e do Detran-DF – e ainda distribuiu máscaras para os moradores. 

Fonte: Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here