Administração nas Quadras ouve e atende pedidos de Brazlândia

Por Hédio Ferreiar Júnior

Projeto já promoveu melhorias de ruas, recuperação de praças e de campo de futebol, além de recolher centenas de toneladas de entulho de lotes vagos

O único lazer do produtor rural Danúbio de Jesus, de 30 anos, era jogar futebol com amigos em um campo de várzea na Quadra 58 de Brazlândia. O impedimento nos últimos meses foi reforçado pela pandemia de Covid-19, mas já existia com o abandono do espaço, invadido pelo mato e por entulhos descartados pelos próprios moradores. Até que há cerca de 15 dias o plantador de morangos abordou servidores do projeto Administração nas Quadras e, em 24 horas, viu a realidade da área de recreação se transformar.

“Trata-se de uma iniciativa importante por meio da qual se mostra o poder de ação do GDF, tendo à frente a administração, e se aproxima o poder público da comunidade”Josiel Costa Rosa, administrador de Brazlândia

A ação do Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Administração Regional de Brazlândia, tem o objetivo de promover melhorias, atendendo com agilidade às demandas da população, em uma espécie de ouvidoria na porta de casa. E é assim que árvores vêm sendo podadas, buracos tapados, praças e parques recuperados, além de lixos recolhidos e outras séries de solicitações acolhidas.

Até agora, quatro quadras já foram atendidas e centenas de moradores ouvidos em uma pesquisa rápida, de 12 perguntas, em que as respostas se revertem em ações estruturais. Com o apoio da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), da Companhia Energética de Brasília (CEB), do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e de outros órgãos públicos, muito trabalho já foi feito desde o início de agosto.

Das ruas e lotes vagos foram coletadas 700 toneladas de entulhos e inservíveis, 18 árvores podadas, 13 bocas de lobos limpas e desobstruídas, 5 quilômetros de meios-fios pintados, quatro praças recuperadas e um campo de futebol – aquele, o da Quadra 58 – revitalizado. “Trata-se de uma iniciativa importante por meio da qual se mostra o poder de ação do GDF, tendo à frente a administração, e se aproxima o poder público da comunidade”, explica o administrador de Brazlândia, Josiel Costa Rosa.

Na Quadra 58 de Brazlândia, campo foi limpo, regado por um caminhão-pipa para reduzir a poeira e recebeu até rede para as traves | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Diretor de Urbanização da Novacap, Sérgio Lemos explica que o suporte da sua equipe, aliado ao trabalho terceirizado já contratado na administração, garante a rapidez no atendimento das demandas. “Tem sido um diferencial, com o resultado avaliado com satisfação pelos moradores. Nossa missão agora é zerar todos os buracos de Brazlândia até setembro, assim como em todo o Distrito Federal”, adianta.

Lazer e segurança

Danúbio de Jesus ficou contente com a limpeza do campo, que foi regado por um caminhão-pipa para reduzir a poeira e recebeu até rede para as traves. “Foi muito legal ter sido atendido tão rápido. Além de trazer de volta nosso lazer, cria uma opção para as crianças brincarem e não ficarem soltas pelas ruas aprendendo o que é errado”, diz o agricultor, feliz também com a resposta dada com rapidez ao seu pedido.

Quem também fez um pedido – e igualmente já recebeu a resposta – foi a moradora da Quadra 57, Suerda Maria, de 57 anos. O mato alto do terreno em frente à sua casa servia de abrigo para bichos e animais peçonhentos, como aranha e escorpiões. “A coisa mais comum era ver cobras na rua. Já entraram até na casa de alguns vizinhos”, conta a dona de casa. “Finalmente, depois de anos, o problema foi resolvido.”

Próximas etapas

O projeto Administração nas Quadras é a primeira etapa de um planejamento estratégico traçado para 2033 e que visa cumprir os objetivos de desenvolvimento sustentável propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

As próximas fases são a eleição de um representante de quadra e, posteriormente, a formação de um conselho consultivo. O escolhido e o colegiado farão as vezes da voz da população junto ao governo.

Fonte: Agência Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here