Detector de metais na entrada das escolas é proposto em Projeto de Lei

Por Vanessa de Araújo

Os diversos atentados à alunos e professores em escolas pelo Brasil e o mundo é a preocupação do novo Projeto de Lei do deputado distrital e líder de governo Hermeto (MDB).

Segundo o PL 1652/2020, a instalação de detector de metais e segurança armado nas escolas e instituições de ensino superior público e privado do Distrito Federal seria de extrema importância para inibir esse tipo de violência.

No Brasil, colégios foram cenário de ao menos sete atentados com armas de fogo cometidos por alunos e ex-alunos nos últimos anos, sendo o mais conhecido deles, o massacre que deixou oito mortos em uma escola estadual em Suzano, na Grande São Paulo.

“Acho importante instalar os detectores nas escola, principalmente para o turno noturno onde há evidências de alunos maiores com suspeita de portar armas de fogo e facas”, comenta Ana Maria, coordenadora da Regional de Ensino da Zonal 10 do DF.

De acordo com o Sistema Nacional de Armas da Polícia Federal (Sinarm), o número de pessoas que adquiriram armas de fogo no Brasil aumentou em quase 200% no primeiro semestre de 2020 em relação ao mesmo período de 2019. Das 73.985 armas comercializadas entre janeiro e junho de 2020, 62% foram compradas por cidadãos comuns.

“Sem nada e ninguém que possa filtrar o que entra de perigoso nas nossas escolas, fica difícil inibir qualquer ação criminosa. Este projeto vem para deixar nossas escolas mais seguras para alunos e professores”, ratifica Hermeto, autor da proposição.

O deputado também é autor da Lei 6.648/2020, que dispõe sobre o controle eletrônico para o acesso dos alunos nas instituições públicas e privadas de educação básica no DF.

Fonte: hermeto.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here