Ronaldo pretende zerar as filas de pequenas cirurgias

Por Jair Henderson

Ronaldo Queiroz (PTB) vai zerar a fila de pequenas cirurgias colocando o equipamento de Videolaparotomia em funcionamento. Tal equipamento é capaz de ser utilizado em diversas cirurgias minimamente invasivas em áreas como cirurgia geral, ginecologia e urologia.

O prefeito atual poderia muito bem ter colocado tal equipamento em funcionamento mas não o fez, assim os moradores tem que ir a Goiânia para serem atendidos. mesmo que na cidade tenha o equipamento e esta parado.

O aparelho é usado colecistectomia (cirurgia de retirada da vesícula), herniorrafia (correção de hérnias), histerectomia (cirurgia de retirada do útero), Ooforectomia (cirurgia de retirada de ovários), prostatectomia (cirurgia de retirada da próstata)

Nas mulheres, a videolaparoscopia é feita principalmente para diagnóstico e tratamento da endometriose, no entanto este não é o primeiro exame realizado, pois é possível chegar ao diagnóstico através de outros exames, como a ultrassonografia transvaginal e a ressonância magnética, por exemplo, que são menos invasivos.

Para que serve a videolaparoscopia

A videolaparoscopia pode ser utilizada tanto como método diagnóstico, como também como opção de tratamento. Quando utilizada para fins diagnósticos, a videolaparoscopia (VL), também chamada de VL diagnóstica, pode ser útil na investigação e confirmação de:

  • Problemas na vesícula e no apêndice;
  • Endometriose;
  • Doença peritoneal;
  • Tumor abdominal;
  • Doenças ginecológicas;
  • Síndrome aderencial;
  • Dor abdominal crônica sem causa aparente;
  • Gravidez ectópica.

Quando indicada para fins terapêuticos, recebe o nome de VL cirúrgica, e pode ser indicada para:

  • Retirada da vesícula e do apêndice;
  • Correção de hérnia;
  • Tratamento de hidrossalpingite;
  • Retirada de lesões ovariana;
  • Retirada de aderências;
  • Laqueadura das trompas;
  • Histerectomia total;
  • Retirada de mioma;
  • Tratamento de distopias genitais;
  • Cirurgia ginecológica.

Além disso, a videolaparoscopia pode ser indicada para realizar a biópsia ovariana, que é um exame em que é avaliada microscopicamente a integridade do tecido do útero.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here