Aras na alça de mira da “tropa de elite digital” de Bolsonaro

Por Mauricio Nogueira

O  procurador-geral da República, Augusto Aras, sofre ataques da tropa de elite digital bolsonarista e acusou os golpes. Dessa vez foi criado um perfil do Instagram com o seu nome. E com visível digitais do modus operandi dos mais do que apojadores do presidente.

Pelas postagens, fica evidente que a conta é administrada por bolsonaristas disfarsados.

A primeira postagem é de 27 de maio deste ano. Até a tarde desta sexta-feira (12), o “Augusto Aras fake” era seguido por 613 pessoas.

Em uma das imagens publicadas, a legenda é a seguinte: “Entenda pq (sic) a gavião da fiel e o PT quer (sic) Bolsonaro fora da presidência”. Outra postagem diz que seis governadores de oposição a Bolsonaro “são responsáveis por 82% das mortes por Covid no Brasil”.

Há ainda uma imagem em que o autor da conta, que usa o nome de Augusto Aras, diz: “O povo armado jamais será escravizado”.

Várias outras postagens defendem o governo de Jair Bolsonaro, replicando declarações do empresário Luciano Hang, do pastor Silas Malafaia e do apresentador Sikêra Júnior. Há postagens também com ataques a governadores — principalmente João Doria –, Joice Hasselmann, Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre e Alexandre de Moraes, este em razão do inquérito das fake news que corre no STF — aquele mesmo que censurou Crusoé e O Antagonista.

A assessoria da PGR já denunciou o perfil falso, que ainda não foi retirado do ar.

Nota de Aras

Aras, então, decidiu divulgar hoje uma nota reiterando que não mantém perfil em nenhuma rede social.

“O procurador-geral da República, Augusto Aras, reitera que não mantém perfil em nenhuma rede social. Utiliza somente os meios de comunicação oficiais do Ministério Público Federal para informar a sociedade sobre sua atuação. E suas opiniões são expressas nas manifestações elaboradas nos processos judiciais em que atua.”

Ainda no texto divulgado hoje, a PGR diz que Aras “lamenta que seu nome seja utilizado por pessoas e grupos mal intencionados e repudia mensagens de ódio ou com qualquer outro conteúdo veiculadas em seu nome por perfis falsos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here