Bolsonaro: ‘O STF não tem que se meter em tudo’

Presidente volta a criticar a interferência da Corte no Legislativo para instalar uma CPI com a finalidade de desgastar o governo

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar a interferência do Supremo Tribunal Federal (STF) nas atividades do Congresso Nacional neste sábado, 10. A declaração foi dada nesta tarde em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília.

“Lamentavelmente, existe ainda [interferência] por parte do Supremo, e no meu governo teve muita”, disse. Agora teve uma [interferência] no Senado. O STF Não tem que estar se metendo em tudo. Já deram poderes aos governadores para fazerem a política de lockdown, confinamento.”

Por determinação do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), terá de instaurar uma CPI na Casa para apurar a gestão federal durante a pandemia, o que, na prática, é uma ferramenta de desgaste político do governo nas mãos de parlamentares da oposição — e seus braços na imprensa.

Ele também voltou a criticar o escopo do pedido de CPI da Covid, que ficaria limitado a investigar o governo federal, ignorando os possíveis — alguns já confirmados — desvios em Estados e municípios. “Essa CPI feita pela esquerda é para perseguir, para tumultuar. Conversei com alguns senadores. A ideia é investigar todo mundo. Sem problema nenhum. Agora a lei nasceu para todos.”

Mais cedo, durante um passeio de moto pelo Distrito Federal, Bolsonaro reclamou das sucessivas medidas restritivas impostas pelo governador de São Paulo, João Doria, no maior Estado da federação, a quem chamou de “patife”.

Futebol

Na noite de ontem, Bolsonaro disse a apoiadores que talvez vá assistir o jogo entre Palmeiras e Flamengo, marcado para domingo 11, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Segundo o presidente, a presença do público em campo poderia ser permita. “Cinquenta por cento não é muito não”, afirmou sobre a lotação. A restrição de público permanece no Distrito Federal.

Fonte: Revista Oeste

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here