Governo Ibaneis atuou em prol de desburocratizar o setor social

Da redação

Desde o começo da gestão, mais de 1 milhão de atendimentos socioassistenciais foram feitos

O governador Ibaneis Rocha (MDB) tirou do papel quase 2.000 obras, no entanto o cuidado com as pessoas mais vulneráveis também se faz presente em sua gestão. “Existem benefícios sociais a serem entregues. Temos um compromisso de dignidade para aqueles que mais precisam de governo”, diz.

Um dos equipamentos que faz parte do setor social do Governo do Distrito Federal (GDF) é o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), que se destina ao atendimento de famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade e risco social. É a porta de entrada para o cidadão acessar a proteção social básica, assim como outras políticas públicas.

Os CRAS, nos últimos tempos, foram falados por comportarem filas grandes. O governador Ibaneis pontuou a tarefa em melhorar o serviço.

“Durante esses anos, buscamos com afinco melhorar a prestação de serviços nas unidades do CRAS. Foram mais de 900 nomeações feitas na SEDES, para dar apoio e reforçar os atendimentos, mutirões de atendimentos por demanda espontânea iniciados, sem a necessidade de agendamento prévio. De 2019 a maio deste ano, foram realizados mais de 1,1 MILHÃO de atendimentos socioassistenciais. Também aumentamos a carga horária de 500 servidores, aumentando a capacidade de atendimento diário”, elencou.

Antônio Fernandes viveu experiência em uma unidade do CRAS. “Fui bem atendido mesmo. Só não resolve se a gente for na ignorância”, disse.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here