"ESTOU FECHADO COM BOLSONARO" DIZ ONYX LORENZONI

Por Jair Henderson

“Bolsonaro foi o primeiro grande gestor no Brasil e boa parte da América que chamou a atenção para uma palavra muito importante que é o equilíbrio, deu todas as condições para que o ministério da saúde pudesse equipar em tudo que for preciso, melhorar o atendimento do SUS, melhorar o atendimento para essa pandemia, e por outro lado o presidente sempre disse que temos que olhar também para as pessoas que precisam trabalhar, o país que nos herdamos foi um país sem crença, um país que não acreditava na capacidade que tem”. Foram as primeiras palavras do ministro Onyx Lorenzoni na manhã desta sexta-feira (22) em uma coletiva de imprensa para os associados da ABBP Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.  

Questionado sobre possíveis fraudes no auxilio emergencial, e qual o percentual de fraudes. Em resposta o ministro disse que o volume de sites que tentaram capturar os dados de pessoas passaram de 1000 mil, e que a Policial Federal está fazendo os trabalhos para identificar os fraudadores, tem aberto cerca de 300 inquéritos abertos no momento.

Onys disse também que está sendo melhorado o aplicativo e todas as formas de comunicação para com os cidadãos, que o processo pode ser falho mas que estão tentando acertar o máximo, uma vez que dados é preenchido pelo próprio cidadão, e deve-se acreditar no que foi dito no aplicativo.  

Futuro

Perguntado sobre uma possível candidatura ao governo do Rio Grande do Sul. O gaúcho Onyx relatou que “o sonho que governar o meu estado mora no meu coração”, mas de acordo com o ministro o momento é focar no ministério e focar no acordo de apoio ao presidente Bolsonaro. Disse ter uma relação de amizade e lealdade com Bolsonaro, onde o mesmo mencionou que estão juntos “ pra matar ou pra morrer”, contou que a possível candidatura vai depender de como estará o governo em 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here