Governo de Goiás amplia testagem em instituições de idosos numa parceria com Banco Itaú

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds) e em parceria com o Banco Itaú, fará a testagem para identificar se há contaminação por Covid-19 em idosos e servidores de 27 Instituições de Longa Permanência de Idoso (Ilpis), em seis municípios do Estado. A ação foi iniciada nesta quinta-feira (02/07), em Anápolis, onde uma equipe contratada pelo Itaú aplicou os testes aos moradores e funcionários do Abrigo Evangélico Jesus Cristo é o Senhor. A previsão é que todo o trabalho seja concluído em 60 dias e, conforme o andamento, poderá ser estendido por mais 30.

A parceria com o Itaú vai ampliar a testagem nas Ilpis em Goiás, que já vem sendo promovida pela Seds e a Superintendência de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES), em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG). Nos municípios de Inhumas e Jaupaci, já foram realizados os testes rápidos para a pesquisa Investigação Soroepidemiológica de Infecção pela Covid-19 em moradores e funcionários Ilpis, que obtiveram “resultados satisfatórios no controle da contaminação e disseminação da Covid-19 entre os residentes e profissionais”, aponta o relatório da Coordenação de Monitoramento e Fiscalização de Serviços de Interesse da Saúde.

Em princípio, a parceria com o Banco Itaú previa beneficiar 19 instituições de longa permanência, em cinco municípios – Anápolis, Aparecida de Goiânia, Goiânia, Luziânia e Rio Verde. Isso porque para se enquadrarem na parceria, as unidades tinham de estar cadastradas no Censo do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e pertencerem a municípios com população acima de 200 mil habitantes.

Porém, em conversa com a direção do projeto do Itaú, a secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Lúcia Vânia, conseguiu que todas as instituições desses municípios entrassem no rol das beneficiadas. “Graças à sensibilidade da equipe do Itaú, que nos atendeu, todas as instituições dos cinco primeiros municípios serão beneficiadas com esse projeto de proteção aos idosos. Conseguimos ainda adicionar o município de Santa Helena”, explica a secretária Lúcia Vânia.

Nos municípios de Inhumas e Jaupaci, a Seds e a Superintendência de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde (SES), em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG), realizaram testes rápidos para a pesquisa Investigação Soroepidemiológica de Infecção pela Covid-19 em moradores e funcionários Ilpis. Até o momento, as ILPI visitadas “têm obtido resultados satisfatórios no controle da contaminação e disseminação da Covid-19 entre os residentes e profissionais”, aponta o relatório da Coordenação de Monitoramento e Fiscalização de Serviços de Interesse da Saúde.

Preocupada com a pandemia e principalmente com as pessoas idosas que estão nas Ilpis, que estão no grupo de alto risco de contaminação, a Seds tem feito várias ações para prevenção e orientação para todos os profissionais dessa rede de atendimento. Desde o mês de março são promovidos encontros virtuais para esclarecimentos, repasse de orientações das portarias do Ministério de Cidadania e do Ministério da Saúde, com relação à Covid-19 e também doações de EPIs e produtos de limpeza.

Neste projeto em parceria, o Banco Itaú também garantirá às instituições participantes o acompanhamento com a capacitação das equipes, distribuição de material educativo, equipamentos de proteção individual e protocolos de isolamento conforme caso positivo seja registrados em algum desses locais.

Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds) – Governo de Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here